O Calendário Sagrado – Tzolkin
- Civilização Maia



O Tzolkin, é a “conta dos dias” ou a “conta do destino”, é a combinação de 20 signos dos dias com 13 numerais. A cada dia avança-se uma posição tanto no ciclo de 20 dias quanto no ciclo de 13 números. É uma conta especial de probabilidades envolvida com o destino dos seres; cada selo (signo) e cada numeral tem determinadas características que, ao combinar-se, proporcionam a cada dia uma carga de qualidades única.


Cada um dos dias que formam um mês está representado por um selo (signo) da natureza. Os vinte selos (signos) dos dias e os treze números vão unindo suas particularidades, combinando-se entre si, e cada um deles compartilha suas características com os seres que chegam ao mundo, recebedo sua influência no momento do nascimento e também os demais seres são impactados pela energia do selo(signo) a cada dia; diz-se que os treze números do Tzolkin tem uma relação cósmica e humana.

Englobando todas as possibilidades (13x20), chegamos a um calendário de 260 dias. Chamamos cada um desses dias de kin.

Trezena é um período de 13 dias, que inicia no número 1 e termina no 13, seria o equivalente a uma “semana” sagrada. Temos 20 trezenas no calendário sagrado. O Tzolkin era tão importante que muitos indivíduos carregavam consigo nomes de signos e tudo dentro dele está relacionado de alguma forma com os deuses (como quase tudo na cultura maia).

O ciclo de 13 dias o ciclo diurno, concernente às divindades que regem o período em que o Sol está acima da linha do horizonte. O 13 é também o número dos planos superiores ("céu"), daí também a sua aplicação no ciclo diurno, de "luz".




A estudiosa do calendário Tzolkin, Cristina Toth, nos trás para o bússola galáctica, informações e interpretações dos kins baseados nesses estudos da cultura maia, para que possamos consultar as influências energéticas que regem os nossos dias.

Desejamos que todos se beneficiem com os ensinamentos deixados por esta magnifica civilização à humanidade.


Editora Bússola Galáctica.



Seja bem vindo e bem vinda !!!






quarta-feira, 22 de setembro de 2010

hoje é dia de ...


KIN 119

KA CAUAC


Conhecido como Tormenta, Chuva, Tempestade.



Cauac significa a força da união, o conhecimento expansivo, o desenvolvimento do plano cósmico, o crescimento, a fertilidade, a energia para a abundância material e espiritual. É a energia que traz a boa chuva para nossas plantações.

Esta energia representa a transformação e a purificação. Esta energia faz com que possamos enfrentar as crises e as perdas definitivas e dolorosas como a Fênix, que renasce com poderes de cura para si mesma. Confie que qualquer mudança que pareça drástica ou trágica só acontecerá para trazer paz e liberdade. Hoje, o dia está sendo purificado e ativado para o renascimento. A vibração desta energia faz despertar o seu ser-trovão interior. Libere a energia, seja receptivo à iniciação e à purificação, para que você possa agir baseado no mundo espiritual e no amor Universal.

Hoje é dia de catalisar determinados acontecimentos que estão ocorrendo à sua volta. Para tornar-se catalisador de alguma situação, você precisa direcionar seus talentos, visando a obter um certo tipo de resultado. Essa habilidade é aprendida através da ligação com a Terra. Seu corpo está apto a conduzir a energia necessária para alcançar um determinado resultado. Procure um lugar aonde você se sinta bem! Proponha-se a encontrar este seu lugar mesmo que precise caminhar bastante pela terra até sentir que um determinado local o atrai. Essa atração pode chegar como um impulso sutil, como um raio, como um sussurro do vento, ou como uma sensação de felicidade no coração. Este sentimento chega de forma diferente para cada pessoa. O importante é confiar em sua primeira sensação, ficar um pouco em silêncio, sentar nesse mesmo lugar por instantes. Uma vez realizada a conexão com a Terra, a energia começa a se acumular e você poderá até mesmo sentir seu fluxo atravessando todo seu corpo. Permita que a Mãe Terra o recarregue com voltagem extra. Direcione seus talentos para sempre e receba o poder de manifestação. Suas necessidades então, serão atendidas. Você poderá fazer este poder de cura se manifestar, utilizando sua própria criatividade e recebendo da Mãe Terra toda energia necessária. Lembre-se de que você é um Catalisador em potencial e que é totalmente responsável pelo seu acúmulo de poder pessoal.

Enfim, lembre-se de que nesses últimos anos do Grande Ciclo de vinte e seis mil anos, Cauac vem nos ajudar no processo de desintegração que nos move da separação para a ascensão. Essa iniciação pelo fogo quebra todo recipiente falso do ser que não pode agüentar a chama da transmutação. Apenas a nossa verdadeira identidade viverá através desse fogo, pois renasceremos no coração do TUDO O QUE EXISTE. Cauac é a purificação do “templo corpo” e o acender do corpo de luz. Ela provê a água que purifica e mata a nossa sede espiritual. Nesse estado de consciência, desejaremos render-nos a tudo, desistindo do que parecemos ser, a fim de nos tornarmos o que realmente somos. Caminharemos para o fogo do desconhecido e seremos transformados para sempre.







Dois - Ka (em maia)

" Tudo é duplo; tudo tem dois pólos; tudo tem seu par de opostos; o semelhante e o dessemelhante são uma só coisa; os opostos são idênticos em natureza, mas diferentes em grau; os extremos se tocam; todas as verdades são meias verdades; todos os paradoxos podem ser reconciliados."
- O Caibalion -


Polaridade - dualidade - desafio - separação entre a luz e as trevas - raio de pulsação da polaridade - propriedade de um corpo de orientar os elementos que o formam - opor-se - posição de uma coisa ou de uma ação ao enfrentar outra - o masculino, o feminino - o princípio gerador dual - Função: criar pares de opostos - Ação: conciliar esses opostos para viabilizar a idéia. O processo criativo começa a se polarizar, estabelecendo parâmetros, comparando e pesando os prós e os contras. Os pares opostos entram em atrito, gerando energia, e nos obrigam a selecioná-los, conciliá-los e harmonizá-los para que a idéia do projeto possa ser definida. A introspecção nos permite definir para que serve o projeto, qual é o desafio para pô-lo em prática, e estabelecer táticas para superá-lo, criando uma fase de estabilidade. Ka representa a simetria espelhada dos seres, a alma, o espírito, a comunicação, a inspiração, o alento, o Princípio Vital, o óvulo fecundado que se divide em dois pela primeira vez. É o momento em que a Luz se separa das trevas. "Qual é o meu desafio?" Ka é o Desafio, a vibração da Polaridade e Estabilidade. O desafio é algo que o fortalece e expande seu potencial e espiritualidade. Não é um problema. Durante a energia de Ka surgem conflitos e lutas baseadas em crenças na dualidade, que precisam ser tratadas. Quando você compreender o número 2, perceberá que as energias polarizadas normalmente trabalham juntas, criando um modelo de fundo. Sem a separação, não é possível enxergar o que foi criado. É preciso crescer para vencer os obstáculos. É um dom do Universo para que o seu verdadeiro propósito se estabilize e fortaleça suas partes mais profundas. Aprenda com a polaridade. Agradeça a visão e a consciência que ela traz.










.
 
Gratas por sua visita, sua presença é bem vinda. Volte sempre!
design, creation & direção geral bússola galáctica by Zoia Petrow © 2008-2012 by terra agora - todos os direitos reservados
Powered by: Blogger
Advogados Rio de Janeiro